Cursos e Treinamentos Ambientais

Curso EAD – O Uso da Terra em Zonas e Áreas de Recarga de Aquíferos

O Uso da Terra em Zonas e Áreas de Recarga de Aquíferos

Visão Geral do Curso

A todos interessados em gestão ecológica econômica hídrica e do uso da terra de bacias hidrográficas e de propriedades rurais. Apresenta-se a lógica integradora sobre o conceito de circulação hídrica com forte enfoque nas recargas e nos usos conservacionistas possíveis da terra.

Descrição do curso

Áreas de recarga são particularmente sensíveis aos usos inadequados, quando convier algum uso, ou se tiver que realizar um verdadeiro programa de conservação da recarga em uso.

Neste curso procura-se responder a duas questões básicas “o que” e “porque”, restando ‘o como’ e ‘para que em cada caso’ para outra etapa. Aquíferos são estruturas constitutivas do ciclo da água no planeta e tal participação tem forte influência nos processos dinâmicos das bacias hidrográficas. Reconhecê-los é necessário nas múltiplas características como existentes em vários tipos de rochas. Fazem parte essencial da circulação hídrica, e devem ser cuidados para a segurança ambiental hídrica de todo o território. Daí partem a série de questões de usos diversos dos solos ou terra e os impactos possíveis.

A descrição dos tipos de aquíferos e de vários usos possíveis e da adequação dos mesmos as várias situações devem fazer parte de concepção conservacionista e ecológica econômica. Esta articulação fica em claro foco vom os fundamentos da cartografia desejável dos aquíferos para todas as bacias. Devemos apresentar métodos e critérios para a gestão das bacias e da circulação hídrica, e ver como se situam ante os atuais critérios hídricos legais. Novas perspectivas são necessárias, sem dúvida!

O que o aluno irá aprender no curso

Quais tipos de aquíferos existem. Como identificá-los com exemplos cartográficos de resultados. A perspectiva hídrica na totalidade da bacia. Zonas e áreas precisas de recarga como áreas de interesse também econômico. Usos que se fazem e cuidados rigorosos. Integração de Geologia, Geografia, Engenharias – agrícola, florestal, agronômica, zootecnia, Engenharia civil, Direito, Administração e Comitês de bacias e medidas de conservação de vias em geral altamente impactantes. Viveiros e desafios de plantios florestais e “corredores florestais ecológicos econômicos”. Perspectivas em bacias hidrográficas. Esboços com princípios, critérios e indicadores para elaborar planos de gestão.

Saiba mais sobre o curso em: Innovate

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *