Destaque

MPF e MPE emitem nota pública sobre a suspensão da refinaria Alunorte

MPF e MPE emitem nota pública sobre a suspensão da refinaria Alunorte

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado do Pará emitiram uma nota pública na tarde desta quinta-feira, 4, após a Hydro anunciar a suspensão total das operações na refinaria Alunorte e da Mineração Paragominas.

Alunorte Barcarena

Na nota, o Ministério Público do Estado informou que a dificuldade imposta pela Justiça à planta de beneficiamento de bauxita da empresa Hydro Alunorte em Barcarena, determinou seu funcionamento em até 50% da capacidade. Por isso, foi necessário o despejo irregular de efluentes não-tratados no meio ambiente.

A nota também afirma que os vazamentos comprovados se deram por meio de um tubo clandestino, um canal clandestino e um duto clandestino, todos funcionando irregularmente e utilizados pela empresa para despejo de efluentes.

Lei a nota integral

Fonte: Romanews

LEIA MAIS:

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *